domingo, setembro 24, 2017

Direito de escolha

direito de escolha

Hoje é assim você pensa que pode, você imagina poder, mas quando vai ver não pode nada. O seu querer não tem mais o mesmo peso de antes, não tem mais validade. Quem manda, quem pode, são aqueles que pensam saber de tudo, são os que detêm o poder de ditar regras e impor verdades.

O medo de não ser compreendido ronda as mentes e por mais que se faça ou se explique, sempre há o risco da acusação sem fundamento, do dedo em riste apontado em tom de desaprovação. Qualquer comentário de aprovação ou de desaprovação pode e será usado, nem sempre a favor e muito menos da maneira correta.

Todos querem incomodar, todos querem ser ouvidos e vistos. Poucos querem de verdade a compreensão. O que mais importa é obrigar o outro a aceitar mesmo contra a vontade tudo o que se quer, pois faz mais sentido aparecer do que apenas ser.

Imagem do post: Tumblr / Morning star

sábado, setembro 23, 2017

Ela é…

ela e

Ela é daquelas que faz selfie todo dia, manda foto para família e acha que entende, mas ainda depende. Ela daquelas que não dá ponto sem nó, acorda com a cara feia, o cabelo desgrenhado e pensa que não está só.

Ela é uma tela em branco esperando o artista iniciar a obra, esperando o movimento que vai mudar o rumo, esperando todo mundo compreender que o fundo não é tão fundo quanto se pensava. Ela é bela e ao mesmo tempo uma indefesa donzela vagando pelo caos desse mundo cão, sem saber o que fazer no dia de amanhã, a procura de saídas para não se perder.

E faz de tudo, aceita tudo, converge sempre naquele tema, exato tema, tal e qual um poema. A revista de novidades enlatadas acabou de chegar e ninguém sabe combinar as cores do céu azul que apareceu depois do temporal.

Imagem do post: Tumblr / Why not?

sexta-feira, setembro 22, 2017

Versos que escrevo

versos que escrevo

Escrevo versos tão bonitos sobre nós dois. Escrevo versos tão sinceros sobre nós dois. Escrevo e não transcrevo o que sinto, mas escrevo e só pelo fato de escrever já que você nitidamente não me vê. Enxerga longe, mas não compreende o que vê, não interpreta os sinais.

Fosse e não desse, talvez assim quem sabe um dia desse e nesse dia, tudo acontecesse, enquanto os versos que escrevo, aqueles que ninguém lê, são levados pelo vento.

A linha entre a realidade e a ilusão é tênue, por isso, escrevo versos desconexos sobre o adverso do fim.

Imagem do post: Tumblr / Why not?

quinta-feira, setembro 21, 2017

Na prática ela era teórica demais

na pratica ela era teorica demais

Quando tudo começou estávamos sentados em um banco na praça principal da cidade, a única.

Quanto tudo terminou estávamos sentados em um banco na praça principal da cidade, a única.

Quando tudo começou ela me perguntou sobre o livro que eu estava lendo e fez uma tremenda cara de espanto quando eu disse que o livro era uma merda. Ela havia escrito o livro.

Quando tudo terminou ela me deu uma edição do seu mais novo livro e fez uma tremenda cara de espanto quando eu disse que o livro não era uma merda. Eu havia lido.

Milena era ótima escritora, seus três livros eram campeões de venda e falavam sobre relacionamentos. Falavam sobre encontros e desencontros, falavam sobre como as pessoas podiam superar as diferenças, construir uma história e ser felizes. Um bando de baboseiras que ela mesma teve o prazer de comprovar quando ficamos juntos.

Na teoria ela sabia tudo, na pratica as coisas em que ela sempre acreditou nunca funcionaram. Ela tentava seguir o roteiro e eu apenas vivia a vida. Não demorou muito para ela perceber que seus livros não refletiam a realidade, pois foram escritos por uma pessoa, no caso ela, sem a menor experiência no assunto.

Ela terminou comigo ao descobrir que também poderia ser feliz sozinha. Ela enfim soube que relacionamentos podem ser duradouros sem a necessidade da dependência um do outro.

Seu ultimo livro vai de contra tudo o que ela escreveu nos três anteriores e por isso, acho que vai vender bem menos. A maioria das pessoas não está preparada ou quer a verdade. O sonho do relacionamento perfeito vende muito mais.

Imagem do post: Tumblr / Simple pretty girls

quarta-feira, setembro 20, 2017

Automotivamente falando

automotivamente falando

O carro é um veiculo de quatro rodas que circula pelas ruas guiado por um ser humano, dito pensante. O carro é um veiculo de quatro rodas movido à gasolina que circula pelas ruas guiado por um ser humano dito pensante. O carro não é só um monte de metal sobre quatro rodas que circula pelas ruas guiado por um ser humano.

Um carro é um carro.

Analogias perfeitas foram criadas para definir um monte de coisas. Analogias sempre surgem e tem a intenção de dar compreensão a alguém sobre algo que aquela pessoa não compreende. Interessante querer entender todo o processo por trás da construção de uma analogia. O carro não tem nada a ver com tudo isso. O carro nem era para estar aqui, neste texto.

O carro é um veiculo. Este é um texto. O carro foi usado como uma tentativa vã de criar um texto coerente. O texto, horrível, está aqui, você o está lendo. O carro está nas ruas, você inclusive pode estar dentro dele.

Imagem do post: Tumblr / All beautiful women

terça-feira, setembro 19, 2017

Canção de amor 2

cancao de amor 2

Número par, no mesmo lugar, estarei lá, quando você precisar. Pode chamar, pois vou lhe ouvir mesmo que você não perceba. Já me indispus com tanta gente que hoje acho melhor não mais supor e só compor uma canção de amor.

Seguindo a linha melódica do meu coração vou escrever centenas de poemas. Seguindo os acordes do meu violão vou tocar em plena quarentena. E já que propus acho melhor não mais sonhar, vou suavizar e só compor uma canção de amor.

Tão indecente quanto os anti versos de um tempo feliz para nós dois. Tão condizente com o que eu acredito e o que nunca vi que não posso deixar para depois. E bola para cá, bola para lá, não quero mais passear, acho melhor só compor uma canção de amor.

Imagem do post: Tumblr / Why not

segunda-feira, setembro 18, 2017

Refletindo o nada

refletindo o nada

Voltar antes de terminar o dia é algo que sempre penso em fazer. Um dia talvez por conta de toda essa alegria eu me lembre de você. O tempo será cruel com quem não for isento. O tempo não vai servir de alento e será duro resistir no relento.

Proponho um pacto entre nós dois, proponho um pacto para depois. Proponho que façamos mais sem esperar receber algo em troca. Sabemos bem onde estamos mesmo não tendo noção para onde vamos. Trinta e cinco menos vinte ao meio dia, não dispensa a fantasia.

São frases embaralhadas que processamos todos os dias. São espelhos refletindo o nada e no meio da madrugada, se bem me lembro, já descemos as escadas.

Imagem do post: Tumblr / Faces so beautiful it hurts

domingo, setembro 17, 2017

Coisas perdidas

coisas perdidas

Elas por elas um filme que jamais se viu e nós estamos no Brasil. Pensamentos desconexos. A vida é somente um reflexo e eu me viro nesse jogo, o absurdo é um descontrole de coisas perdidas por toda essa vida.

Tem razão quem pede mais e faz. Tem razão quem nunca viu, sumiu. Era primeiro de abril e em fevereiro não vai ter carnaval. Podem recolher os pratos, o almoço acabou.

É grátis pensar que tudo não passou de um sonho e por isso eu proponho que nesse inverno de verão a gente faça primavera no outono. Outro dia ainda virá e eu ei de encontrar um par para dançar e vou dizer para todo mundo que não preciso mais sorrir.

Elas por elas um filme que jamais se viu...

Imagem do post: Tumblr / Faces so beautiful it hurts

sábado, setembro 16, 2017

Poucos

poucos

Poucos podem comer bacon. Poucos podem comer chocolate. Poucos podem rir de si mesmos. Poucos podem.

Poucos tentam.

Interminável como um filme sem final. Magnânimo como uma grande construção do século vinte. Imponente como um arranha céu. Assim é o nosso desejo, a nossa vontade.

Poucos tentam porque acham que não são capazes ou que será difícil demais chegar lá. Poucos tentam porque tem medo de não saber o que fazer quando conseguirem. Poucos tentam porque é mais fácil colocar a culpa no medo e desistir do que lutar e talvez não conseguir.

A realidade é que falta muita coragem para uma parcela de indivíduos que nunca foram educados para fazer a diferença em suas próprias vidas. Essa parcela de indivíduos foi educada para esperar por alguém, foi educada para deixar que o outro decida como eles têm que se comportar, em quem eles têm que votar e o que eles devem fazer. Não lhes foi dado o pensamento critico, por isso eles nunca tentam.

Imagem do post: Tumblr / #burbb

sexta-feira, setembro 15, 2017

Estou de dieta 4

estou de dieta 4

Não dá para conquistar o mundo em uma semana, mas dá, perfeitamente, para se preparar para desfilar no calçadão no verão. É isso e é simples.

Comece estabelecendo metas factíveis, justas com a sua condição atual e o seu modo de vida. Não se prive de fazer o que lhe dá prazer, mesmo que seja um prazer que vá de encontro as suas metas. É justamente a privação que faz a maioria desistir antes de chegar à metade do caminho.

Pense nos pontos de controle e a cada tempo pré-estabelecido lá no começo reveja suas metas, celebre as conquistas e identifique onde errou para evitar cometer o mesmo erro. Invista em novos pensamentos, saia da rotina e dos padrões. Mude o foco em direção ao que lhe faz bem, mas não se esqueça de verificar os resultados.

Às vezes dá para se atingir o objetivo com poucos passos, mas às vezes a coisa requer mais esforço. Uma dica valiosa é sempre pensar que já estamos no meio da segunda metade do ano e que muito em breve o ano já terá terminado e você poderá comemorar a meta alcançada ou lamentar o tempo desperdiçado.

Por isso, não se atenha ao que vê, lê ou ouve. Preocupe-se em chegar o mais perto possível do desejado, pois isso por si só já será uma grande conquista.

Imagem do post: Google

 

Contos e encantos Copyright © 2007 - |- Template created by O Pregador - |- Powered by Blogger Templates